Quinta-feira, 5 de Abril de 2007

Para ouvir...



publicado por lcx às 01:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2006

Desigualdades

Tive sorte em nascer no ocidente,

tive a sorte de nascer num país onde problemas como a pobreza, fome,

são um problema menor em relação ao continente Africano e grande parte do Asiático.

Sinto-me com sorte de não nascer num país onde existe escravatura, ditaduras, guerra ou tanta miséria como vemos em muitos outros países,

onde a água e a comida não chega,

onde não existe abrigo.

Sei que por cá também existe,

mas não nas dimensões que vemos nesses países,

e duvido que tenha sido por falta de oportunidade...

Estamos em pleno século XXI, e às vezes pergunto a mim mesmo:

- como é possível?
- como é possível haver tanta desigualdade?
Para mim não existe patriotismo, ele existe mas não devia.

A existência de territórios com muito mais poder sobre os outros faz com que o mundo esteja tão desequilibrado,

enquanto uns morrem à fome após alguns meses de vida,

outros tem todo o conforto, condições e oportunidades para seguir uma vida sem problemas...

ou seja,

uns tem oportunidades, outros não!


Defendo um mundo unido, onde exista igualdades,

onde exista o mínimo de requisitos para todo o sere humano nele existente possa ter condições para viver.

É por causa de uns e outros defenderem de tudo o que é bom para o seu país,

onde os mais fortes conseguem tudo,

que os com menos poder, ou sem poder, não conseguem nada…
Uns tem a mais,

outros não tem nada.
Defendo a inexistência de um mapa político.
O planeta inteiro devia ser apenas um "país".

Um país, claro, que tinha de ter as suas regras...

A vida humana é prioridade!

tags:

publicado por lcx às 05:07
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006

O que mais te surpreende na humanidade?

E ele respondeu:

"Os homens... porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem morrer...
...e morrem como se nunca tivessem vivido."

Pergunta questionada ao
Dalai Lama
tags:

publicado por lcx às 21:30
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

18
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Para ouvir...

. Desigualdades

. O que mais te surpreende ...

.arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds